Categoria : Publicidade

Home/Arquivos por Categoria Publicidade

O que é IGTV? Entenda como funciona o novo app de vídeos do Instagram

Nova ferramenta do Instagram tem recursos inovadores e vem para bater de frente com YouTube

 

O IGTV é a nova plataforma do Instagram voltada exclusivamente para vídeos. A Instagram TV tem recursos diferentes para contas verificadas e contas comuns da rede social. O foco dessa novidade são os usuários que já usam o Instagram como uma plataforma de criação de conteúdo. Lançada quarta-feira (20/06), a função, que pode ser usada dentro do app de fotos ou como um aplicativo separado, deve impactar a forma como assistimos a esse tipo de conteúdo na Internet. Com vídeos filmados apenas na vertical e com duração de até uma hora, a ferramenta parece ter vindo para bater de frente com o YouTube e até com televisão tradicional. Confira, a seguir, o que é e como funciona o novo IGTV.

Cuidado com o uso de links patrocinados: problemas para o anunciante e para o motor de buscas

Antes de tudo, é necessário você trabalhar com uma agência que entenda e conheça  sobre este assunto. Afinal, para o sucesso de suas campanhas o conhecimento sobre a ferramenta é algo imprescindível. Muitas agências podem se dizer entendedoras do assunto, porém, somente as certificadas podem garantir isso. É uma garantia aos parâmetros de boas práticas na montagem das campanhas.

SpaceX Lança Carro da Tesla ao Espaço no ‘superfoguete’ Falcon Heavy

Em clima de show, a SpaceX lançou um carro Tesla Roadster ao espaço nesta terça-feira (6). O evento é considerado o principal teste do novo foguete jumbo Falcon Heavy, que deverá ser classificado como o mais potente do mundo e o veículo espacial mais poderoso a ser lançado dos Estados Unidos desde os foguetes Saturn 5, da Nasa, que transportaram astronautas para a lua 45 anos atrás.

SEO: Google Começará a Eliminar Páginas Lentas do Seu Canal de Busca

Atualmente, o acesso a inúmeros sites vem acontecendo a partir de dispositivos mobile, que muitas vezes possuem conexão mais lenta do que notebooks e PCs. Para que a experiência do usuário seja a melhor possível, o Google começará a eliminar as paginas que obtiverem resultados aquém do esperado quanto ao carregamento.

O fenômeno streaming e a soberania dos games.

A força do streaming já é uma realidade e a TV tradicional vem acompanhando de perto. No entanto, é entre as próprias empresas que oferecem este serviço que o bicho pega. Isso pode comprovado em um relatório recente disponibilizado pela SuperData Research. A surpresa? Os vídeos de games ainda são os maiores detentores de audiência, batendo até mesmo o Netflix.

Leia Mais

Bob’s inaugura loja 100% digital em Recife

17A Rede Bob´s inaugurou em Recife sua segunda loja 100% digital no Brasil e a primeira da rede na região Nordeste – a primeira fica localizada no Rio de Janeiro. No novo modelo, todos os pedidos serão feitos pelo terminal de autoatendimento ou pelo aplicativo da marca. A novidade tem como objetivo trazer mais conveniência, agilidade e permitir a customização dos pedidos.

Leia Mais

Por que devemos estar nas mídias sociais?

É por meio de procedimentos sistemáticos de análise da utilização das mídias sociais que a pesquisa de mercado pode inferir conhecimentos relativos a expectativas e tendências de consumo

Não é novidade que hoje as mídias sociais possibilitam a conexão das pessoas, a quebra das barreiras geográficas e uma reconfiguração do tempo e do espaço nas relações entre os seres humanos. Para completar, se pensadas num patamar mercadológico, o seu potencial se estende à identificação comportamental, à localização geográfica e à viabilização da conectividade entre indivíduos com interesses semelhantes – que, agrupados nestes espaços, estão revelando o que fazem, pensam e querem.

Do outro lado, temos a pesquisa de mercado preocupada em construir cenários projetivos a partir de radiografias de consumo, e de comportamentos que gerem consumo. Portanto, é também por meio de procedimentos sistemáticos de análise da utilização e consumo das mídias sociais, da sua dinâmica, das formas de utilização, das micro comunicações interpessoais cotidianas disponíveis, que a pesquisa de mercado pode inferir conhecimentos relativos a expectativas mercadológicas, propensões/tendências de consumo e percepções que mobilizam tais usuários-consumidores.

É justamente nesse lócus que vemos a “economia da recomendação” influenciar tendências, padrões de comportamento, desejos e atitudes de consumo de toda a gama de produtos disponíveis no mercado, resultando numa compreensão de tipos e expectativas de consumo a partir das trocas simbólicas que ocorrem nas redes socais. São os fãs, os amigos e os seguidores que, muitas vezes, ditam o “tom” do consumo.

A análise das mídias sociais e a sua regulamentação simbólica revela como os consumidores tem consciência de pertencimento a determinado grupo social. Se fizermos um link com o que disse Freud, que o que une os indivíduos em um grupo é uma identificação em torno de um objeto de amor, um grupo se configuraria em “[…] um certo número de indivíduos que colocaram um só e mesmo objeto no lugar de seu ideal de ego e, consequentemente, se identificaram uns com os outros em seu ego.” Em síntese: as pessoas gostam de estarem juntas para declararem “amor” ou “ódio” pelas marcas… e as redes socais potencializam, enormemente, isso!

Nesse cenário, das interações, compartilhamentos e utilização das mídias sociais e de suas camadas digitais de dados comportamentais, a observação desponta como uma peculiar ferramenta que auxilia na compreensão e na produção de radiografias dos contextos que pautam o mercado e a forma de se consumir na contemporaneidade.
A meu ver a premissa básica a ser considerada nesse cruzamento e incorporação entre o conhecimento dos consumidores (e seu comportamento de consumo) e as mídias ditas sociais é o fato de que, em todos os tempos, as atividades desenvolvidas pelos homens sempre estiveram relacionadas aos locais onde estes estavam. E se as pessoas estão nas redes sociais, falando, compartilhando, postando e informando é lá que também devemos estar para desvendarmos seus interesses, comportamentos e aspirações.

*Artigo produzido por: Diego Oliveira
Youpper Consumer & Media Insights

Fonte: Meio & Mensagem

Microsoft apresenta Surface Studio e Windows 10 que exibe conteúdo 3D

PC all-in-one tem tela fina e custará US$ 3 mil nos EUA.
Em 2017, Windows 10 ganhará integração com realidade virtual.

A Microsoft revelou nesta quarta-feira (26) um computador de alta performance destinado a designers, artistas e profissionais criativos, assim como uma atualização do sistema operacional Windows 10 que passa a mostrar conteúdo 3D.

A gigante americana da informática anunciou o seu primeiro computador de mesa, o Surface Studio, que compete com o iMac e o Mac Pro da Apple.

“Estamos criando uma nova categoria que transforma a sua mesa em um estúdio criativo”, disse o diretor-executivo da Microsoft, Satya Nadella, durante a apresentação do produto, em Nova York.

Com uma tela LCD de 28 polegadas sensível ao toque, apresentada como “o monitor de desktop mais fino já criado”, o computador faz parte da linha de tablets e laptops da Microsoft para o segmento premium, em um desafio à Apple.
O novo PC tem resolução ultra HD 4.5K, oferecendo 13,5 milhões de pixels, mais do que a maioria dos novos televisores de alta definição. O Surface Studio custará US$ 3 mil e estará disponível em “quantidades limitadas” para a temporada de festas no final do ano, e terá mais unidades disponíveis em 2017.

A Microsoft anunciou também uma versão atualizada do seu computador portátil, o Surface Book i7, com gráficos melhorados e uma bateria que dura 16 horas. Estará à venda a partir de novembro por US$ 3 mil.

Os produtos Surface permitem aos usuários criar conteúdo na tela com uma caneta stylus especial, e a Microsoft introduziu um novo dispositivo chamado Dial, que se acopla à tela e oferece controles adicionais, como a visualização da linha do tempo de uma criação.

Windows 10 3D

A Microsoft revelou também que a partir do início de 2017 vai oferecer uma nova atualização para seu sistema operacional Windows 10, que entre outras coisas permitirá aos usuários criar conteúdo 3D e mergulhar em uma realidade virtual e aumentada.

O novo “Windows 10 Creators Update” estará disponível gratuitamente para as 400 milhões de pessoas que já têm o Windows 10. A atualização oferece “novas formas de criar e jogar”, disse o vice-presidente da Microsoft, Terry Myerson.

O novo sistema permitirá a utilização de um aplicativo de captura 3D para dispositivos móveis e uma nova versão para objetos tridimensionais do popular programa Paint. O sistema também vai permitir aos usuários adicionarem emoticons 3D e manipular conteúdo 3D criado por eles ou digitalizado.

Fonte: G1

Leia Mais

Google anuncia recurso que checa veracidade de notícias

Com certeza você já caiu em alguma ‘notícia pegadinha’ dessas que todo mundo começa a compartilhar e, mesmo quando é desmentida, já é tarde demais: a mentira já se espalhou por todos os cantos. Pois infelizmente a internet tem o poder de perpetuar informações, mesmo que não sejam verdadeiras.

Para ajudar a evitar este inconveniente do mundo moderno, o Google acaba de anunciar um recurso que verificará a veracidade das notícias. O “Fact Check” ajudará o internauta que utiliza o Google Notícias a identificar tanto a informação de qualidade quanto boatos e notícias falsas.

O mecanismo funcionará por meio de uma tag que criadores de conteúdo poderão aplicar às informações que liberam na Internet e haverá monitoramento para que fontes falsas de informação não utilizem o “fact check” para enganar o leitor.

Claro que isso pode não impedir que histórias falsas apareçam no Google News, mas vai tornar muito mais difícil.

O novo recurso por enquanto está disponível apenas para usuários do Reino Unido e Estados Unidos.

* Todas as fotos: Reprodução

Fonte: Hypeness